Projeto #VemMED 2015: Dicas


  Bom dia Julietas!
  Tudo bom com vocês?
  Finalmente o primeiro post do projetinho (uhuuu). Vamos um passo de cada vez. Começando com dicas de organização, pré-estudo e por onde começar. Não vou enrolar e vamos ao que interessa:

  • Tenha metas
  Sim Julietas, parece meio clichê, mas se pensarmos um pouco vamos ver que faz todo o sentido. Todos nós precisamos ter um sonho, um objetivo na vida. Caso contrário pode-se dizer que vivemos em vão, nos contentando com qualquer coisa. Nunca seriamos capazes de saber qual o nosso potencial, até onde podemos chegar, não faríamos o mínimo de sacrifício por nada. Tudo isso por um simples motivo: não temos motivação, não temos propósito, ao primeiro obstáculo jogaríamos tudo pro alto deixando o resto para lá. Até porque não há motivo para continuar tentando. Pessoas assim, não vão a lugar nenhum, não são capazes de ir para a frente e dificilmente serão pessoas felizes, quem dirá realizadas. Mas todo esse cenário muda a partir do momento que você sonha ser melhor, que tenta fazer com que seus sonhos saiam do papel, quando acorda disposto a conquistar o mundo. Todos nós somos capazes. Não fique se lamentando por não ter aquilo, agradeça por ter isto. Aprenda a trabalhar com os recursos que lhe são dados.

  • O ambiente
  Seu local de estudos vai influenciar bastante na concentração e no rendimento. Imaginem ficar horas sentadas numa cadeira desconfortável, num lugar quente e com má iluminação. Não serão capazes de focar 30 minutos na matéria (falo por mim). então  procure um lugar fresco, bem iluminado e longe da bagunça. Então nada de celular, folhas aleatórias, maquiagem, livros de outras matérias... Guardem tudo e arrumem a bagunça. Na mesa só lápis, borracha, caneta, caderno e apostila. Computador? Só para vídeo aula, ou usar apostilas em PDF. Caso contrário desliguem. Foco. Vocês querem ou não passar no vestibular? Então vamos pegar pesado nos estudos, chega de moleza.


  • Planejamento
  Não há coisa pior que não ter planejamento. Eu mesma fico igual barata tonta. Perco completamente o foco, não sei o que tenho que fazer e acabado deixando tudo para depois. Por isso prefiro anotar tudo que tenho que fazer, estudar ou comprar (sou meio esquecida hehe). Mas vocês vão anotar cada hora do vosso dia e tudo que precisam fazer (tudo mesmo, até o tempo do banho, café , almoço, descanso, etc...) assim evitam ficar perdidas. Têm dúvidas de como montar esse cronograma+ Confiram algumas dicas:
Desconversa (blog do site descomplica, excelente), Ecaderno, ou podem optar por pegar um pronto na internet e adaptar conforme a vossa rotina.
Obs. Comecem estudando apenas algumas horas por dia e aumentem a intensidade devagar, até o corpo e o cérebro acostumarem com o ritmo. E não se esqueçam do descanso, afinal ninguém é de ferro e depois de uma maratona de estudos é merecido uma cochiladinha hehe. Mas depois de estudar, nada de ficar adiando tarefas pra dormir.



  • Grupo de estudos
  Estudar com grupo de estudos muitas vezes é bem mais complicado que o estudo convencional, sozinho, em casa. Mas isso varia de pessoa para pessoa e tem muito a ver com a concentração de cada um. Porém é bem melhor - na minha opinião é claro - e devemos fazer isso uma vez por semana ou até de 15 em 15 dias. Para cada um compartilhar com o outro o que estudou, resolverem exercícios e melhor, ensinar os macetes e truques de como compreendeu a matéria. Uns meses antes do ENEM eu e minhas amigas íamos para a biblioteca pública e ficávamos lá a tarde toda repassando o que estudamos a matéria toda e vou confessar que era muito bom, muitas das brincadeiras e músicas que fizemos me ajudou e muito a lembrar da matéria. Mas Julietas não vale a pena chamar a galera toda pra estudar porque todos sabemos que não vai dar em nada. O certo é chamar de 3 a 4 pessoas no máximo, e que todas tenham o mesmo objetivo, por exemplo, estudar pro ENEM, Vestibular, Concurso Público... Dessa forma é bem mais fácil focar na matéria e sabem exatamente quais os recursos podem utilizar,  quais apostilas, livros e não fica aquela bagunça.

  Bom Julietas este foi o primeiro de muitos posts do projetinho #VemMED2015 espero que tenham gostado.
  Beijos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

E a saudade chegou...


  Ela era marrenta, toda estressada, ele era na dele, todo orgulhoso. Ela falava pelos cotovelos, ele usava poucas palavras. Ela era uma montanha russa de emoções, ele seu ponto de equilíbrio. Completamente distintos, mas de certo modo se completavam. Ele tinha o que faltava nela. Se apaixonou até pelo seus piores defeitos quem diria suas melhores qualidades. Ele era seu mundo, faria de tudo por ele. Escreviam dia após dia uma história maravilhosa, impossível não ser comentada por todos. Porém nem tudo eram rosas, a pequena não sentia mais seus cuidados, passou a ser segundo plano. Com o tempo ela cansou, se esgotou, quase forçada ela deu um basta, possivelmente num sentimento de desespero. Não se sabe. A menina tinha coragem de mulher, encarou de frente seu maior medo. Perde-lo e cair no esquecimento...
  A chuva chegou e na mala trouxe a saudade, insistiu em remexer nas suas recordações, lhe torturar com o passado. Por mera coincidência ela achou suas fotos, num acaso qualquer esbarrou nos seus presentes, numa brisa aconchegante sentiu seu perfume. Loucura dela? Talvez sim, no entanto ela era frágil, pequena e indefesa, precisava da sua proteção, do seu carinho, da sua preocupação, necessitava dos seus cuidados, de um "Bom dia princesa" ou apenas um "Boa noite, dorme bem" qualquer palavra vinda de dele já era o bastante. Para qualquer outra isso já devia ser uma página virada. Mas para ela tudo ainda era recente, sua voz rouca ainda ecoava leve, e persistente todas as noites em sua mente. Suas conversas ainda eram relembradas nas insônias cotidianas.
  Ela ainda tinha a esperança dele voltar, lhe ligar e falar "Estou chegando aí amanhã, não aguento mais". Assim como sua tolerância, a esperança também estava se esgotando. Os meses iam se completando e ela continuava alí, sozinha, sem notícia alguma dele, apenas na agonia. Por tentativas frustradas, não havia coragem para uma nova conversa. Ainda se lamentava e se culpava por ter agido de tal forma. Lá no fundo ela sabia que não havia motivos para continuar, muito menos voltar atrás, tentava se conscientizar que havia terminado. Mas não era tão simples, de certa forma ele ainda fazia parte de sua vida. Seu passado, não abria brecha para um novo presente.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Vem cair na Folia!


  Hey Julietas!
  Tudo bom com vocês?
  Comigo tudo ótimo.
  Falta pouquinho para o Carnaval (eu só lembro que tenho mais uma semana de ferias uhuul). Muitas de vocês talvez nem gostam de sair nessa época, preferem ficar em casa, ler um livro, fazer a famosa sessão pipocas,e as blogueiras aproveitam para adiantar trabalhos, resenhas e vídeos (sei bem como é, blogueira nunca pára) e ainda mais com esse tempinho de chuva, a inspiração vai a mil.
  Porem tenho a certeza que muitas de vocês A-M-A-M o Carnaval e vão cair na folia, com a galera acertei? (também é o meu caso hehe) Não há nada melhor que juntar os amigos e sair, se divertir, pagar uns micos juntos e esquecer um pouco dos problemas.
 Nesse clima de folia separei algumas dicas e inspirações. Confiram:


  •  Para as Julietas que gostam de se fantasiar e querem entrar no clima. Vale a pena investir um pouco mais e alugar, ou até comprar uma fantasia. Confiram algumas inspirações:


  •   Já as mais tímidas podem optar por fantasias mais simples e discretas (com a vantagem de gastar bem pouco) olhem só:





  Fantasias bem simples e baratas. Por exemplo a da Minnie, em que temos quase tudo o que precisamos em casa: blusa vermelha, saia ou shorts preto e o tal sapatinho preto básico. Só falta o lacinho, que custa menos que 5 reais nessas lojinhas de acessórios, ou se quiserem podem comprar o tecido e fazer me casa do jeito e tamanho que preferirem. Muito fácil esta ideia e fica uma graça.

  Vocês podem também combinar com a melhor amiga e juntas se vestirem de Mario e Luigi. Só vão gastar dinheiro com os chapéus (que encontram em lojas de fantasias) e talvez com os suspensórios. Quanto ao resto aposto que têm lá no fundo do guarda roupa. Blusa verde e vermelha e shorts preto, ah e o sapato pretinho básico que não pode faltar hehe.

  Agora para as que não querem de jeito algum se fantasiar -o que é o meu caso- vale combinar com as amigas, uma blusa uma combinação ou um acessório e usarem. Eu pensei com minhas amigas de cada uma fazer uma coroa de flores do seu gosto e no dia usamos todas juntas. Não vamos ficar sem nada, mas também não vamos vestir a caráter. Além do mais é o jeito de todo mundo nos reconhecer. "As meninas da coroa de flores". Olhem só que legal, se vocês quiserem podem até fazer o vosso próprio bloquinho de rua. Só escolher um nome e cair na folia com a galera. Mas não se esqueçam, muito juízo, cuidado e atenção. Divirta-se dentro do possível e do seguro. Se cuidem.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...